TECNOLOGIA NA CONSTRUÇÃO PESADA DO BRASIL: UM PARADGMA A SER QUEBRADO – PARTE III

|   Construção de Estrada

Este último artigo é muito especial: preparamos algumas dicas para que você saiba por onde começar. Seja qual for a situação da sua empresa, é possível implantar a cultura da tecnologia.

Nos dois primeiros artigos desta série nós apresentamos a real situação do Brasil no que tange a utilização de tecnologia na construção pesada.

Vale ressaltar que toda essa análise foi embasada em pesquisas e anos de mercado que a MOBA possui no segmento.

Por isso, este último artigo é muito especial: preparamos algumas dicas para que você saiba por onde começar. Seja qual for a situação da sua empresa, é possível implantar a cultura da tecnologia.

 

 POR ONDE COMEÇAR

 

Identifique as dores da sua obra

Reflita sobre os reais problemas da sua obra. Se você tiver isso em mente ao conversar com um consultor de tecnologia embarcada, certamente trará elementos valiosos para a identificação da tecnologia que traga a melhor relação entre benefícios e impacto cultural.

 

Comece pequeno

Não tenha a pretensão de resolver todas as dores da sua obra de uma só vez, a melhoria contínua é uma prática mais eficaz e menos impactante para as equipes.

 Em que nível de desenvolvimento a sua operação se encontra?

 

 Patamar do 8 – Se sua operação não possui nenhum tipo de tecnologia, soluções 2D mais simples podem ajudar a quebrar o paradigma da implantação tecnológica, promover o desenvolvimento de suas equipes e preparar o seu ambiente operacional para a evolução. Com um retorno de investimento mais rápido, você é convencido sobre os benefícios que este tipo de solução pode trazer e terá mais fundamento para planejar a implantação para o seguinte nível.

 

 Nem 8 e nem 80 - Agora, se você já está no meio termo da evolução tecnológica e já trabalha com sistemas 2D, talvez seja hora de preparar a sua operação para implantação da tecnologia 3D. A sua equipe provavelmente já possui certo nível de maturidade para a expansão para soluções que tragam mais benefícios. Dependendo da tecnologia que você possui, talvez ela possa ser reaproveitada, diminuindo a necessidade de investimento para o upgrade.

 

Patamar do 80 - Se a sua operação já está no patamar do 80, ou seja, já utiliza tecnologias 3D, saiba que existe muito a se desenvolver ainda:

 

- Gestão do conhecimento – Para que o conhecimento sobre a tecnologia seja um ser vivo dentro da sua organização, você precisa treinar, multiplicar e desenvolver pessoas.

- Dados de produção – Quando você utiliza sistemas 3D um universo de dados de produção é gerado diariamente. O que você faz com esses dados? Se a resposta é nada, comece a planejar uma equipe para analisá-los, tenha certeza que estes dados se tratados corretamente vão oferecer informações valiosas para tomada de decisão e geração de vantagens competitivas.

- INFRABIM – Se você já analisa os dados através de planilhas de Excel ou talvez através do software do fabricante da tecnologia, já pensou em integrar tudo em uma ferramenta BIM que seja capaz de te dar informações em 7 dimensões (3D, planejamento, custos, tempo e sustentabilidade, gerenciamento)?

 

Independente do patamar que você esteja, conte com a MOBA para transformar a sua operação em um ambiente de inovação com maximização da produtividade e eficiência.

 

Acesse o nosso site e conheça as nossas tecnologias!

 

Ainda não leu as partes 1 e 2 dessa nossa série? Leia agora:

 

TECNOLOGIA NA CONSTRUÇÃO PESADA DO BRASIL: UM PARADGMA A SER QUEBRADO – PARTE I


TECNOLOGIA NA CONSTRUÇÃO PESADA DO BRASIL: UM PARADGMA A SER QUEBRADO – PARTE II

 

 

 


Voltar ao menu principal