Inovação em gestão de resíduos em Veneza, na Itália

|   Gestão de resíduos

Veneza tem uma grande experiência em inovação na gestão de resíduos. Ao longo de mais de 20 anos, diversas foram as implantações de melhorias. Dentre esses projetos está a implantação do sistema de cobrança proporcional à geração, o popularmente chamado PAYT (Pay As You Throw), marco fundamental para a atual taxa de coleta seletiva de 80%, para uma população de aproximadamente 900.000 habitantes.

 

Há algum tempo falamos da implantação do sistema de cobrança proporcional à geração de resíduos em Brescia, na Itália.

Hoje compartilharemos um pouco da experiência e percepções do diretor geral da MOBA Espanha, Climent Vilatersana, na província de Veneza, na Itália.

O executivo MOBA teve a oportunidade de se reunir com a diretoria da empresa Veritas, responsável pela gestão de resíduos e água na província de Veneza.

 

CONHEÇA A GESTÃO DE RESÍDUOS EM VENEZA

Veneza tem uma grande experiência em inovação na gestão de resíduos. Ao longo de mais de 20 anos, diversas foram as implantações de melhorias. Dentre esses projetos está a implantação do sistema de cobrança proporcional à geração, o popularmente chamado PAYT (Pay As You Throw), marco fundamental para a atual taxa de coleta seletiva de 80%, para uma população de aproximadamente 900.000 habitantes.

 

EFICÁCIA EM COLETA DE RESÍDUOS

Com a vasta experiência em diversos tipos de coleta, Veritas acabou padronizando duas modalidades por serem as que mais se adaptaram ao sistema de cobrança proporcional à geração e por sua eficiência na realização dos serviços.

Uma dessas modalidades é a coleta porta a porta com contêineres de 120 litros para todos os tipos de resíduos – exceto o orgânico, que é coletado através de contêineres de 30 litros. Importante ressaltar que todos os contêineres são equipados com tags RFID para identificação do gerador.

A outra modalidade adotada é a coleta de contêineres de grande volume dispostos nas vias públicas, normalmente para o não reciclável. Neste caso os contêineres são equipados com controle de acesso e volume, sendo os usuários identificados com cartões RFID.

Todos os municípios da província, cuja gestão de resíduos é de responsabilidade da Veritas, (aproximadamente 40 municípios) tiveram que escolher uma entre as duas modalidades de coleta disponíveis.

 

APOIO DA TECNOLOGIA À GESTÃO DE RESÍDUOS

Após consolidar altos índices de coleta seletiva, a Veritas reconhece que melhorar ainda mais é uma tarefa árdua, tendo em vista uma população tão grande e diversa. Sendo assim os novos objetivos estratégicos da empresa são:

1 – Otimização dos custos da coleta através da organização de serviços com o planejamento de rotas dinâmicas.

2 – Melhoria da saúde e condições do ambiente de trabalho dos coletores através do giro de pessoas em diferentes atividades.

Não é de se surpreender que o pilar para alcançar esses novos objetivos é o uso extensivo da tecnologia de software de gestão e hardware embarcado nos veículos. Através da ferramenta de software os serviços são organizados de forma a otimizar as rotas. Já nos veículos, os computadores embarcados orientam os motoristas para que possam realizar rotas que não são previamente conhecidas.

 

 

O que a sua empresa/município tem feito de diferente para evoluir o sistema de gestão de resíduos no Brasil?

 

 Clique aqui e conheça nossas soluções completas para a Gestão de Resíduos!


Voltar ao menu principal