AS BUILT - ETAPA: CARREGADEIRA - DESAFIO: PESO IDEAL NO CARREGAMENTO SEM COMPLEMENTO NA SAÍDA

|   Notícias gerais do MOBA

Conhecer o peso do material carregado pela carregadeira de rodas é um desafio que está totalmente relacionado com a produtividade e custo operacional. Ao carregar o caminhão com a capacidade correta, nem mais, nem menos, evita-se a necessidade de adequação da carga e consequentemente reduz-se o tempo de ciclo de carregamento.

 

CARREGADEIRA

Conhecer o peso do material carregado pela carregadeira de rodas é um desafio que está totalmente relacionado com a produtividade e custo operacional. Ao carregar o caminhão com a capacidade correta, nem mais, nem menos, evita-se a necessidade de adequação da carga e consequentemente reduz-se o tempo de ciclo de carregamento. Em muitas operações a necessidade de complemento ou retirada de carga do caminhão só é conhecida quando ele chega até a balança estática. Em caso de divergência neste ponto só existem três saídas: o caminhão retorna até a praça de carregamento, a carregadeira se desloca com a caçamba cheia até a balança estática, o cliente vai embora insatisfeito. Esse modelo de operação, apesar de tradicional, possui baixa produtividade.

PROCESSO DE CARREGAMENTO NO BRASIL

A operação utilizada como pano de fundo deste estudo é muito comum no Brasil e normalmente se dá sem qualquer recurso tecnológico, baseando-se apenas na estimativa do operador. Estimativa essa que se torna mais errônea quando alguns fatores operacionais são alterados, tais como: densidade do material, caminhões de diferentes capacidades, umidade do material, etc. Algumas operações até tentam trabalhar com balanças embarcadas mais simples e disponíveis no mercado, entretanto devido ao alto erro entregue por essas tecnologias no caminhão cheio, o complemento/redução de carga não é minimizado e a produtividade não é otimizada. Nem todas as balanças embarcadas encontradas no mercado brasileiro são capazes de entregar um baixo erro na carga completa do caminhão. Operações que não valorizam a produtividade no carregamento, não são capazes de entender o que estão deixando de ganhar - Mais caminhões carregados em menos tempo.

REDUÇÃO DE 93% DE COMPLEMENTOS DE CARGA

BAIXE O ESTUDO COMPLETO E VEJA COMO!


Voltar ao menu principal